Artigos Psicologia

05 dicas valiosas para quem quer passar em uma Residência em Psicologia ainda em 2018!



Será que existe diferença entre estudar para concurso e estudar para residências?


Leia esse artigo até o fim e descubra!


Você sabia que em 2017, abriram mais de 600 vagas para Residência em Psicologia em todo o País?


Esses números foram extraídos de pesquisas realizadas pela nossa equipe e mostram um cenário animador para 2018. A tendência é que esse número cresça em até 20% levando em consideração os anos anteriores.


Preparei um excelente artigo com dicas valiosas para você que deseja ser aprovado (a) em uma Residência em Psicologia ainda em 2018:



1. Como Estudar:


  • Ler o edital e verticalizar, ou seja, traduzir o edital! Primeiro escreva a linha cronológica das etapas, deixe bem visível para que você não perca nenhum prazo; posteriormente decida qual área fazer, pois deve ser algo que você goste (São 2 anos de aprofundamento) e ninguém aguenta algo que não gosta por muito tempo;


2. Separe os temas que serão cobrados:


  • Ex: Conhecimentos comuns a todos os cargos - a partir daí reorganize os assuntos por afinidades, convergências e similaridades. As bancas começam as " pegadinhas" quando elaboram o edital. O bom candidato não olha só a data da inscrição e da prova, ele " degusta " sem moderação todas as informações;


3. Após separar os temas similares organize seus estudos! 


  • Dica matadora: nunca comece pelo o que você mais gosta! rsrsrs


  • Tome coragem e assuma: eu não tenho facilidade em tal assunto e por este motivo irei iniciar meus estudos por ele;


  • Após ler a teoria, busquem questões de provas DE DIVERSAS BANCAS! Erra quem estuda só pela banca que fará a prova! Treino é treino.


  • A cada questão acertada, parabenize-se!


  • A cada questão errada, busque logo sanar a dúvida e VOCÊ NUNCA MAIS ERRARÁ este assunto. Sim, o que estou dizendo é: Não responda provas aleatoriamente e sim categorize pelos temas que você já conseguiu terminar a teoria!


4. Evite buscar conteúdo em vários sites e fontes sem confiabilidade.


  • O bom estudante sabe quais são os bons autores, os bons professores, as boas aulas em vídeo e os bons materiais de estudo! NÃO ADIANTA ATIRAR PARA TODOS OS LADOS! Sempre busque sites oficiais, livros de autores renomados e professores experientes.
  • Nosso site é o único do mercado que é 100% direcionado para preparar os alunos para as Residências.
  • Temos o nosso curso da parte de conhecimentos gerais, que agrega todos os conteúdos mais cobrados nas Residências de todo o País, com mais de 100 horas em vídeo, aulas em PDF, fórum de dúvidas e muito mais.
  • Além disso, temos um curso direcionado para a parte específica de Psicologia, elaborado para atender aos diversos editais do País.


5. “Foco é também dizer não em diversas situações e dizer sim em poucas” (Paulo Vieira):


  • Rede social, internet, shows não vão desaparecer! Abdique-se em um momento pois a vida não é tão breve! Não caia no erro de se arrepender por não ter usado de forma adequada o seu tempo.
  • Foque na Residência que você deseja. Ao contrário dos concursos, o fator remuneração não é o mais relevante. Mas sim o conhecimento adquirido.



E então, acha que estudar para Residências é diferente de estudar para concursos?


Em minha opinião, claro que sim! Mesmo que ambos sejam processos seletivos e em geral, trazem a prova objetiva como eliminatória e classificatória, há uma grande diferença na forma de estudar. Os conteúdos podem ser os mesmos, mas a forma de cobrar é outra. As questões de Residências tendem a ser mais elaboradas.  Por isso, sua preparação também deve ser mais elaborada.


Abraços,

Professora Natale Souza

Voltar ao topo